terça-feira, 31 de dezembro de 2013

FELIZ ANO NOVO.... 2014 DE MUITA PAZ, AMOR E LUZ...

"De janeiro a janeiro renova-se o ano, 
oferecendo novo ciclo ao trabalho.
É como se tudo estivesse a dizer: 
"Se quiseres, podes recomeçar..."

Não conserves lembranças amargas.

Viste o sonho desfeito.
Escutaste a resposta de fel.
Suportaste a deserção dos que mais amas.
Fracassaste no empreendimento.
Colheste abandono.
Padeceste desilusão.

Entretanto, recomeçar é benção na Lei de Deus...

A possibilidade da espiga ressurge na sementeira.
A água, feita vapor, regressa da nuvem para a riqueza da fonte.
Torna o calor da primavera, na primavera seguinte.
Inflama-se o horizonte, cada manhã, com o fulgor do Sol, reformando o valor do dia.
Janeiro a Janeiro, renova-se o ano, oferecendo novo ciclo ao trabalho.
É como se tudo estivesse a dizer :
 "Se quiseres, podes recomeçar ".

Disse, porém , o Divino Amigo que ninguém 
aproveita remendo novo em pano velho.

Desse modo, desfaze-te do imprestável.
Desvencilha-te do inútil.
Esquece os enganos que te assaltaram.
Deita fora as aflições inúteis.

Recomecemos, pois, qualquer esforço com firmeza, lembrando-nos , todavia, de que tudo volta, menos a oportunidade esquecida, que será sempre uma perda real...

Emmanuel Do livro "Palavras de Vida Eterna", Emmanuel (Espírito), Francisco C. Xavier (psicografia)

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Receita - Bolo Tradicional de Natal!

Tronco de Natal

Bûche Le Jardin de Noël

A tradição mandava que, na véspera de Natal, 
se fosse buscar um enorme tronco de madeira, 
denominado “bûche de Noel” e que o trouxéssemos 
para casa com grande cerimonia. 
Na noite de Natal, o dono da casa o colocaria no átrio e 
procedia à libação, derramando azeite, sal e vinho sobre 
ele, declamando poesias. Em algumas famílias eram as 
 jovens da casa que acendiam o tronco de madeira 
com os pedaços de madeira do ano anterior, que tinham 
sido cuidadosamente guardados para o efeito. 
Noutras famílias, esse privilégio cabia à mãe.
As cinzas deste tronco tinham, dizia-se, a faculdade de 
proteger a casa das trovoadas e dos poderes maléficos 
do diabo e afastava os maus espíritos por todo o ano. 
Este costume, que data do século XII, tinha lugar na 
grande maioria dos países europeus, principalmente na 
França e na Itália, onde o tronco de Natal era chamado ceppo. 
Na França, esta tradição manteve-se até meados do século XIX. 
O desaparecimento desta tradição coincide com a dos 
grandes átrios, que foram progressivamente substituídos 
pelos fogões em ferro fundido. 
O grande tronco foi então substituído por pequenos 
troncos de madeira, por vezes ornados por pequenas 
velas e vegetação, que se colocavam no centro da 
mesa como decoração Natalícia.
Hoje em dia, o tronco de Natal é um bolo tradicional feito 
com creme de café ou de chocolate e decorado com 
folhas de azevinho.
Uma outra vertente conta a história da “Yule log” ou “Bûche de Noël. 
Segundo o costume, na véspera de Natal arrumava-se um 
bom pedaço de madeira que era queimada na lareira. 
O pai, mãe ou filhos, dependendo da região, eram responsáveis 
por regar o “log” de vinho, óleo e sal antes de colocá-la no fogo. 
As cinzas, segundo eles, protegiam a casa e afastava os maus 
espíritos por todo o ano. Com a chegada de caldeiras e outros 
tipos de aquecimento no século XIX, o enorme tronco de madeira 
foi substituído por menores e depois por pinheiros. 
Decorado com velas e vegetação, tornou-se um item de decoração 
para a mesa de Natal, tornando-se então, uma deliciosa sobremesa.
“Bûche de Noël” é um rocambole sofisticado em forma de 
tronco de árvore, com recheio de « crème au beurre » 
(creme de manteiga). No Brasil, seria um rocambole de pão de ló, 
mas na França existem duas opções de massa: a mais simples é 
a “Biscuit de Savoie” (o pão de ló) e a mais tradicional e 
sofisticada (mas também mais complicada) é a «Pâte Génoise », 
todas a duas criadas na Renascença e trazidas por Catherine de 
Médicis. Qual a diferença ? Na Génoise, os ovos são batidos inteiros 
e não tem fermento e na “Biscuit de Savoie” as claras são 
separadas das gemas e tem fermento…

Ingredientes:


Massa de chocolate:

Manteiga para untar
1 colher(es) de chá de fermento em pó
1/2 xícara(s) de chá de cacau em pó
1/3 xícara(s) de chá de leite
3 colher(es) de sopa de óleo
1 xícara(s) de chá rasa de açúcar
4 unidade(s) ovos

Brigadeiro
1 colher(es) de sopa de manteiga
2/3 xícara(s) de chá de cacau em pó
1/2 lata(s) de creme de leite
1 lata(s) de leite condensado

Calda
1 colher(es) de sobremesa de licor de 
cacau ou de chocolate
1 1/3 xícara(s) de chá de açúcar
1 xícara(s) de chá de água

Merengue para os cogumelos
Cacau em pó para polvilhar
1/4 xícara(s) de chá de açúcar de confeiteiro
1/4 xícara(s) de chá de açúcar
1 clara de ovo grande ou 2 claras de ovos pequenos

Modo de preparo:
Massa de chocoate

Bata os ovos com o açúcar. 
Peneire os ingredientes secos e alterne com os líquidos, mexendo devagar. Distribua a massa sobre uma assadeira untada e forrada com papel-manteiga e asse-a em forno médio, a 180°C, por 15 a 20 minutos ou até que, ao enfiar um palito no centro da massa, ele saia limpo. Reserve.

Brigadeiro

Coloque todos os ingredientes em uma panela, 
em fogo baixo. Mexa sempre até alcançar o ponto 
de brigadeiro médio, mais mole do que para 
enrolar. Reserve.

Calda
Ferva a água com o açúcar. 
Assim que ferver, desligue o fogo e acrescente 
a bebida.

Merengue para os cogumelos
Bata as claras com o açúcar até obter um ponto firme. 
Com a espátula, misture o açúcar de confeiteiro. 
Em uma assadeira forrada com papel-manteiga, 
pingue o merengue e polvilhe-s com cacau em pó. 
Asse em forno muito baixo, a 100°C, por 50 minutos 
ou até estarem firmes.

Montagem do tronco natalino
Depois de assada, molhe a massa com a calda fria, espalhe o brigadeiro mole por cima e enrole o doce em papel-manteiga, como um rocambole. Deixe firmar na geladeira. Depois de firme, cubra o tronco natalino com o restante do brigadeiro mole, espalhe farelo de bolo em volta e decore com lascas de chocolate, cogumelos de merengue, glacê de açúcar colorido ou o confeito que desejar.

Fonte:
Receita

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Receitas Vegetarianas para o Natal e Ano Novo

Polpetone Recheado (vegana)

Ingredientes

Para a massa:
250 g de PTS fina já hidratada
1 cebola picada em cubinhos
3 dentes de alho triturados
1 xícara de farinha de aveia
Farinha de trigo até dar liga
1/2 xícara de shoyu
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Para o recheio:
400 g de tofu firme
Suco de 1 limão
Sal, levedo de cerveja e cebolinha a gosto

Preparo

Massa:
Em uma panela refogue até dourar o alho e a cebola, acrescente a PTS, o shoyu e a pimenta do reino. Coloque em uma tigela e deixe esfriar. Acrescente a farinha de aveia e aos poucos vá acrescentando a farinha de trigo até conseguir formar bolinhas.

Recheio:
Com um garfo esprema o tofu, coloque todos os outros ingrediente e misture bem.

Finalização:
Pegue uma porção da massa e forme uma bola. Abra em formato de hambúrguer e com uma colher coloque o recheio, feche novamente a bola e reserve. Frite os polpetones em fogo médio (130º) e sirva em seguida com um molho de sua preferência.

Dicas

- Utilize outros tipo de recheio como por exemplo: champignons com alho-poró, cenoura com alho, tofu com tomate seco.
- A pimenta pode ser outra de sua preferência.
- Caso prefira forme apenas bolinhas e frite, terá uma saborosa almôndega.

Assado de Lentilhas (vegana)

Ingredientes

Para o assado:
250 g de lentilhas
1/2 xícara de vinho tinto seco
1 cebola
2 dentes de alho
2 folhas de louro
1 colher (chá) de alecrim
1/2 xícara de shoyu
Sal a gosto
1/2 colher (chá) de pimenta-do-reino recém-moída
1/4 xícara de cheiro-verde picado
1 xícara de aveia em flocos finos
1 colher (sopa) de azeite
100 g cogumelos paris frescos
50 g cogumelos shiitake
Óleo para untar

Para o coulis de tomate:
8 tomates maduros
2 folhas de louro
Folhas de 1 ramo de manjericão lavadas
2 colheres (chá) de açúcar mascavo
2 colheres (chá) de sal
1/2 colher (chá) de canela em pó
1 colher (chá) de orégano
2 colheres (sopa) de suco de limão

Preparo

Deixe a lentilha de molho no vinho com 1 xícara de água quente. Junte a cebola cortada em 4, os dentes de alho, as folhas de louro e o alecrim por cerca de 1 hora. Leve ao fogo e cozinhe até que o caldo seque e as lentilhas estejam macias. Se necessário, acrescente mais água. Processe a lentilha cozida com os temperos, adicione o shoyu, o sal, a pimenta e o cheiro-verde, obtendo uma massa uniforme. Transfira para uma vasilha, junte a aveia e reserve.

Refogue os cogumelos no azeite por 5 minutos, retire do fogo, pique e junte-os à massa de lentilhas. Despeje a massa em uma forma de bolo inglês untada com óleo e asse em banho-maria, em forno pré-aquecido (200º C) por 50 minutos. Enquanto isso, prepare o coulis: pique os tomates, coloque-os em uma panela, adicione 1/2 xícara de água e todos os demais ingredientes. Cozinhe em fogo baixo por 1 hora e depois passe por uma peneira, apertando com o dorso de uma colher. Sirva sobre o assado de lentilhas, acompanhado de salada de folhas verdes.
Rendimento: 12 porções

Bife à Rolê (vegana)

Ingredientes

Para o bife:
1 xícara de PTS hidratada e desfiada
25 ml de água
25 ml de shoyu
Sal e pimenta moída na hora a gosto
3~4 colheres (sopa) de glúten puro (atenção: 
FARINHA de glúten não serve)
2 colheres (sopa) de farinha de trigo

Para o recheio:
1 cenoura média
5 vagens

Acompanhamento:
Molho de cebolas caramelizadas (veja a receita)

Preparo

Bife:
Em um bowl, coloque a PTS já hidratada e umedeça com o shoyu e a água. Tempere com o sal e a pimenta. Coloque 3 colheres (sopa) de glúten puro e a farinha de trigo. Amasse bem. A massa deve ficar macia e fácil de modelar. Caso ela fique quebradiça, adicionar o glúten puro restante e amasse bem. Deixar descansar. Enquanto a massa para fazer o bife vegetal descansa, para que o glúten se desenvolva, prepare o recheio e o molho de cebolas.

Recheio:
Higienize a cenoura e a vagem. Retire a casca da cenoura e corte em bastões médios. Acerte a vagem, deixando no mesmo cumprimento que a cenoura. Cozinhe os legumes no vapor até que fiquem al dente e “acesos”, a cor deles fica bem forte. Interrompa o cozimento colocando-os em água + gelo. Reserve.

Montagem e finalização:
Separe a massa do bife vegetal em cinco bolinhas. Você pode modelar com a mão ou com a ajuda de um rolo de abrir massas. Abra a massa, não precisa ficar perfeita, e coloque o recheio. Feche a massa e coloque em uma forma untada com óleo ou azeite de oliva com a junção da massa para baixo. Repita esse processo até acabar a massa. Regue cada bife à rolê com um pouco de azeite de oliva. Tempere-os com um pouco de sal e pimenta. Cubra com papel alumínio. Leve ao forno em 220ºC por 20 minutos. Retire o papel alumínio e regue com mais um pouco de azeite de oliva, leve ao forno por mais 10 minutos para que doure levemente. Retire do forno e sirva com o molho de cebolas.

Dica - Você pode variar o recheio de acordo com sua imaginação ou os ingredientes que tem em casa.

Alcachofras Recheadas (vegana)

Ingredientes

6 alcachofras grandes
Suco de 1 limão
1 xícara de pão amanhecido ralado
3 colheres (sopa) de salsinha picada
3 colheres (sopa) de azeitonas verdes picadas
1 e 1/2 xícara (chá) de óleo
6 colheres (sopa) de azeite
1 tomate cortado em cubinhos
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Preparo

Lave as alcachofras e descarte as folhas externas. Corte os cabos, acerte as pontas e deixe as alcachofras de molho em água com suco de limão enquanto prepara o recheio. Passe pela peneira o pão ralado e junte a salsinha, o substituto para parmesão e as azeitonas. Adicione o azeite até obter uma farofa bem úmida. Retire as alcachofras da água e bata-as de cabeça para baixo para que abram as folhas e escorra o excesso de água. Coloque o recheio na parte central e abra bem as folhas laterais para distribuir o recheio. Arrume-as lado a lado em uma panela, regue com o azeite, polvilhe com substituto para parmesão e cubra o topo com os tomates. Acrescente água até a metade da panela e salpique com sal e pimenta-do-reino a gosto. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo até que, ao puxar uma folha de alcachofra, ela solte com facilidade

Mousse de Tomate Seco (vegana)

Ingredientes

400 g de tofu soft
1 xícara de tomate seco picado
1 colher (sopa) de salsa picada
1 colher (sopa) de cebolinha picada
1 colher (chá) de orégano
1 colher (chá) de mostarda
1 colher (chá) de shoyu
1 envelope (5 g) de agar agar
200 ml de água fervendo

Preparo

Bata no liquificador o tofu, o tomate seco, a salsa, a cebolinha, o shoyu, o orégano e a mostarda. Reserve. Em uma panela, dissolva o agar agar na água e deixe ferver durante 3 minutos. Em seguida, adicione a mistura do liquidificador e bata mais um pouco. Disponha a mousse em uma forma untada com um pouco de óleo e deixe gelar por aproximadamente 6 horas. Desenforme e sirva.

Rendimento: Serve 6 pessoas


Terrine de Cuscuz e Legumes (vegana)

Ingredientes

Legumes:
1 abobrinha italiana
1 cenoura
1 colher (sopa) de azeite
Sal a gosto
Pimenta-do-reino recém-moída

Recheio:

1 cebola picada
3 dentes de alho picados
2 colheres (sopa) de azeite
1/4 de pimentão vermelho em cubos
1/4 de pimentão amarelo em cubos
2 tomates sem pele e sementes em cubos pequenos
6 azeitonas pretas picadas grosseiramente
1/2 xícara de ervilha fresca congelada
Sal a gosto
1 xícara de milharina
Folhas de 4 ramos de salsa picadas

Preparo

Legumes
Corte a abobrinha e a cenoura, no sentido do comprimento, em fatias finas - use um fatiador de legumes. Aqueça bem uma grelha ou frigideira grande, pincele com um pouco do azeite e grelhe os legumes, dos dois lados, até ficarem levemente dourados. Tempere com sal e pimenta e reserve.

Recheio
Em uma panela grande, refogue a cebola e o alho no azeite. Junte os pimentões e refogue por mais 2 minutos. Acrescente os tomates, as azeitonas, as ervilhas, o sal e 1 litro de água. Ferva o caldo por 5 minutos e adicione a milharina, mexendo sempre. Cozinhe esse cuscuz por cerca de 20 minutos, sem parar de mexer para não queimar o fundo da panela. Junte a salsa e mexa novamente. Reserve.

Montagem
Cubra o interior de uma forma de bolo inglês (10 cm x 22 cm x 6 cm) com filme-plástico. Comece a forrar o fundo e a lateral da forma com uma fatia de abobrinha. Em seguida, coloque uma fatia de cenoura, grudada à abobrinha. Repita o mesmo processo até cobrir todo o interior da forma. Despeje o cuscuz na forma e cubra-a com o filme-plástico. Pressione bem a superfície e leve à geladeira para gelar. Desenforme sobre uma travessa, retire o filme-plástico com cuidado e sirva em seguida.

Dica - Você pode trocar a azeitona preta por azeitona verde, a ervilha congelada por ervilha em lata e acrescentar pimentão verde.

Rendimento: 10 porções

Fonte: Adaptada de Receita Saudável

Arroz com Cenoura e Passas (vegana)

Ingredientes

Para o arroz:
1 e 1/2 xícara de arroz branco cru
4 xícaras de água fervente
1 colher (chá) de sal

Para as cenouras e passas:
2 colheres (sopa) de óleo vegetal
6 cenouras médias limpas e raladas
1/2 xícara de uva-passa branca
4 ramos de salsa picados
1 colher (chá) de sal

Preparo

Arroz:
Numa panela média, coloque o arroz, a água e o sal. 
Leve ao fogo baixo e cozinhe, com a panela destampada, 
até a água evaporar.

Cenouras e passas:
Em outra panela, aqueça o óleo vegetal e refogue a 
cenoura em fogo alto por 2 minutos até ela ficar 
levemente crocante. Acrescente as uvas-passas, 
a salsa, o sal e apague o fogo.

Junte o refogado de cenoura ao arroz já cozido, misture 
bem e sirva a seguir.


Salada de Feijão Branco ou Grão-de-Bico (vegana)

Ingredientes

Para a salada:
1/2 kg de feijão branco ou grão-de-bico cozido
1 pimentão vermelho sem sementes cortado em tiras
1 pimentão verde sem sementes cortado em tiras
1/2 xícara de azeitonas pretas sem caroços

Para o molho: (aqui mora o segredo)
6 colheres (sopa) de azeite
2 e 1/2 colheres (sopa) de vinagre de maçã ou balsâmico
1/2 colher (chá) de açúcar
1/2 colher (chá) de sal
Pimenta-do-reino a gosto
1/2 maço de cheiro-verde picado

Preparo

Numa saladeira, coloque todos os ingredientes do molho, acrescente os pimentões e as azeitonas pretas e misture bem, batendo com um garfo (como quem faz omelete). Junte o feijão ou grão-de-bico ainda quente e escorrido, misture. Coloque o cheiro-verde misturando cuidadosamente. Se quiser uma boa apresentação, faça uma caminha com folhas de alface e deite a salada por cima.

Dica - Ao cozinhar os grãos, não adicione sal e use pouca água fervente para que o cozimento seja mais rápido. Você também pode usar feijão de fava que é mais saboroso.

Rendimento: 6 porções

Fonte: Receita e foto gentilmente cedidas pelo blog Tabaco e Chá Verde

Farofa de Milho com Pimenta (vegana)

Ingredientes

2 colheres (sopa) de creme vegetal
3 colheres (sopa) de azeite
1 cebola pequena picada
1 lata de milho
3 xícaras de farinha de milho
Sal a gosto
1/2 colher (chá) de pimenta dedo-de-moça picada
2 colheres (sopa) de salsa picada

Preparo

Em uma frigideira grande, derreta o creme vegetal e junte o azeite. Refogue a cebola picada por dois minutos. Junte o milho escorrido e a farinha de milho. Tempere com sal e a pimenta-dedo-de-moça. Misture bem e desligue o fogo. Salpique a salsa e sirva em seguida.
Rendimento: 6 porções

Homus com Pimentão Vermelho 
Grelhado (vegana)

Ingredientes

400 g de grão de bico cozido e escorrido (para isso, cozinhe 
cerca de 200 g ou use enlatado)
2 pimentões vermelhos grelhados (ou use páprica em pó)
3 colheres (sopa) de tahine
3 colheres (sopa) de suco de limão tahiti
1 colher (chá) de cominho em pó
2 dentes de alho (assei antes por 1 minuto no microondas)
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
Sal a gosto

Preparo

Se usar o grão-de-bico cru, deixe-o de molho por no mínimo 3 horas. 
Cozinhe na panela de pressão por cerca de 30 a 45 minutos, 
ou até ficar macio.

Em um processador, coloque os grãos-de-bico, os pimentões, 
o tahine, o suco de limão, o cominho, o alho, o sal e a pimenta 
e processe até obter uma pasta homogênea. Com o motor ligado, 
adicione o azeite aos poucos e bata até uniformizar a mistura. 
Decore com folhas de hortelã e cebolinha.

Sirva com pão sírio (pita), quibe, legumes crus e outros 
pratos típicos árabes.

Dica

Para grelhar o pimentão, espete-o com um garfo e coloque diretamente sobre a chama do fogão, virando-o até tostar e queimar a casca. Embale em saco plástico grosso, tipo ziploc, papel alumínio ou manteiga e deixe fechado por alguns minutos para que o vapor solte a casca. Depois é só raspar com uma faquinha que ela sai facilmente. Lave e enxugue antes de aplicar na receita.

Fonte: Receita e foto gentilmente cedidas pela Cris, do blog From Our Home to Yours

Pavê de Chocolate (vegana)

Ingredientes

1 pacote de bolacha de maisena 100% vegetal
1 litro de leite de soja
2 colheres (sopa) de cacau em pó

1 e 1/2 xícara de açúcar demerara
5 colheres (sopa) de maisena
250 ml de suco de sua preferência
1 xícara de chocolate meio amargo sem leite

Preparo

Reserve 1/2 xícara de leite para dissolver a maisena e o cacau. Em uma panela, coloque o restante do leite e adicione o chocolate, o açúcar, a maisena e o cacau nessa ordem. Em fogo baixo, mexa até obter uma consistência cremosa e espere esfriar. Em uma forma refratária, vá alternando camadas de creme e de bolachas molhadas no suco.
Rendimento: Serve 10 pessoas


Sorbet de Morango (vegana)

Ingredientes

2 e 1/2 bandejas de morangos (750 g)
3 colheres (sopa) de SupraSoy Sem Lactose
1/2 xícara de açúcar

Preparo

Limpe, lave e pique os morangos. Bata no liquidificador 2 bandejas de morangos, oSupraSoy e 1/2 xícara de água (100 ml) até formar um creme uniforme. Reserve. Leve ao fogo o açúcar com 1/2 xícara de água (100 ml) e ferva até formar um fio fino. Transfira o creme de morangos para uma batedeira, e na velocidade baixa, acrescente a calda aos poucos. Bata até resfriar bem. Leve ao freezer por 4 horas ou até endurecer. Bata novamente até formar um creme gelado. Volte ao freezer mais uma vez e, ao endurecer, bata novamente. Repita por mais 3 vezes, sendo que, na última vez, acrescente os pedaços de morango da 1/2 bandeja que sobrou. Sirva em seguida em taças para sorvete.
Rendimento: 780 g

Manjar de Laranja com 
Calda de Limão (vegana)

Ingredientes

4 colheres (sopa) de suco de limão
12 colheres (sopa) de açúcar
1 1/2 xícara (chá) de suco de laranja
1/2 xícara de leite vegetal de sua preferência
4 colheres (sopa) de leite de coco
6 colheres (sopa) de maisena

Preparo

Misture numa panela o suco de limão, 1/2 xícara (chá) de água e 10 colheres (sopa) de açúcar. Leve ao fogo e cozinhe, sem mexer, por 12 minutos, ou até obter uma calda levemente rala. Bata no liquidificador o suco de laranja com o leite vegetal, o leite de coco, a maisena e o açúcar restante. Despeje numa panela, leve ao fogo e cozinhe, sem parar de mexer, por 20 minutos ou até encorpar. Retire do fogo e reserve. Umedeça 4 assadeiras com capacidade para 400 ml cada uma. Despeje o creme e leve para gelar por 4 horas. Desenforme no momento de servir e acompanhe com a calda de limão. Decore com laranja cristalizada e hortelã.

Mais uma vez chegou o Natal:


Você se lembra qual 
o verdadeiro 
sentido do Natal?

Natal significa ESPERANÇA. 
ESPERANÇA de que mais 
uma vez JESUS CRISTO 
SE FAÇA PRESENTE EM 
NOSSO MEIO E RENASÇA 
NA NOSSA VIDA, 
NO NOSSO LAR E NO 
NOSSO CORAÇÃO.





Finda-se mais um ano
E é chegado o momento
De mais uma vez refletirmos
Sobre nossos dias passados

É chegada a hora
De pensarmos no Menino
Que nasceu em meio de tantas 
dificuldades
E que cresceu e se fez homem
Nasceu Jesus, o Salvador

É Natal
E em nossos corações
A esperança toma vida

É tempo de festa
Tempo de união entre 
os seres
Vamos festejar o Menino 
Deus com alegria
E desejarmos que o amor
De Cristo continue sempre 
presente entre nós
Trazendo a certeza de 
um amanhã
Num mundo cheio de alegrias
Desejo que as luzes festivas 
de Natal
Brilhem sempre em seus dias
Junto aos seus entes queridos
E que a força da fé esteja sempre 
em seu coração
Fazendo de você essa pessoa 
humana
Que sinto o maior prazer em 
ter por perto

Feliz Natal,
cheio de paz e 
muita saúde!


Um novo tempo nasce para 
cada ser humano.
Neste novo tempo, esperança 
renasce embalada pelo desejo de 
realizar cada sonho.
É preciso trilhar, incansavelmente, 
o caminho que reflete a luz.
Este foi, sem dúvida, um ano de 
lutas, mas também de muitas 
realizações.
Que Deus faça morada no coração 
de cada pessoa desta adorável terra.



Desejo a todos um ótimo Natal com 
harmonia, generosidade e gratidão!
Fé na vida, na Sabedoria Divina e no Amor!

Sou imensamente grata pelo ano
de 2013, por todos os acontecimentos,
amadurecimentos e aprendizados que vivi!

Que 2014 venha banhado pela luz
Divina, que a espiritualidade faça
parte do cotidiano de todos os seres!


Seja bem vindo 2014!!!!
Fonte das imagens, 
meramente ilustrativas: 
google imagens.

GUIRLANDAS












Inspirações via Pinterest


Que Seja Bem Vindo o Natal!!!

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

RECEITA TORTA DE BIS PARA O NATAL


Torta gelada de Bis

Ingredientes

300 g de bolacha tipo maria (são as 
bolachas que 
o resto do mundo conhece 
como digestivas)
1 caixa de Bis preto (Bis é um bombom 
feito de camadas 
de waffer intercaladas por 
camadas de chocolate)
1 caixa de Bis branco

Para o creme preto

1 lata de leite condensado
1 barra de chocolate escuro 
(a barra pode ter de 150 a 200 g. 
Usei 200 g de chocolate meio amargo)
1 lata de creme de leite (300 g)*
1 envelope de gelatina sem sabor (12 g)

Creme Branco

1 lata de leite condensado
1 barra de chocolate branco 
(a barra pode ter de 150 a 200 g. 
Usei 200 g de chocolate branco macio)

1 lata de creme de leite (300 g)
1 envelope de gelatina sem sabor (12 g)

Crocante de Castanhas
200 g de castanhas de caju 
(usei nozes comuns)
5 colheres de açúcar

Preparo do Crocante de Castanhas
Leve ao fogo as castanhas com as 
5 colheres de açúcar e mexa até 
que fique levemente dourado. 
Depois de retirar do fogo, continue 
mexendo para que as castanhas 
fiquem soltinhas.

Preparo da torta:

Numa forma de aro removível 
(usei uma de 20cm de diâmetro, 
mas sobrou creme e biscoitos, 
melhor usar a forma indicada na 
receita, de 26cm de diâmetro) 
coloque as barrinhas de chocolate 
Bis, lado a lado, alternando a cor 
preta e branca. Preencha toda 
a lateral da forma. Molhe as bolachas 
num pouco de leite e faça o fundo 
da torta e reserve. Derreta o chocolate 
branco, misture o creme de leite e 
o leite condensado. Dissolva a 
gelatina em pó, conforme instruções 
da embalagem, e adicione-a ao 
creme de chocolate e mexa bem. 
Deixe ficar um pouco consistente,
 mas não muito, senão fica difícil 
de espalhar. Faça o mesmo procedimento 
com o chocolate preto. 

Monte a torta espalhando uma 
camada de chocolate branco sobre 
o fundo e sobre este, espalhe 
uma parte do crocante de castanhas; 
espalhe sobre o crocante mais 
uma camada de bolachas molhadas 
no leite, creme de chocolate e assim 
vá alternando as camadas. 
Finalize com creme de chocolate 
branco e crocante de castanhas.

IMPORTANTE
As camadas não devem ultrapassar 
a altura da barrinha lateral de Bis, 
pois não se conseguirá desenformar 
a torta. Leve-a para gelar no freezer 
ou congelador e depois desenforme 
com cuidado. 
Esta torta pode ser congelada 
por 60 dias.

Fonte:http://www.chocorango.com/

domingo, 8 de dezembro de 2013

EXCELENTE DICA PARA DECORAR SUA CASA PARA O NATAL

PARA O NATAL 
DECORE 

A CASA COM 
LANTERNAS

Neste Natal, use lanternas 
e crie um ambiente 
mais aconchegante na 
sua decoração.
Elas podem serem usadas 
na sala, quarto, 
cozinha e áreas externas.

Em dia de festas podem 
ser usadas como 
destaques em árvores, 
penduradas na parede 
da varanda e 
na mesa dos convidados.

Existem vários modelos 
e cores que com certeza 
darão um clima novo 
e charme especial a sua 
casa.
São feitas de vidro, 
metal, bronze, 
ferro pintado e madeira. 
Aqui tem algumas para 
você escolher, 
pois vale a pena investir 
e deixar seu lar lindo 
e sofisticado!
















Você também pode fazer a sua 
própria lanterna, 
pegue suéter antigos ou rendas 
largas e cubra vidros de 
conservas, maionese ou latas de 
leite em pó e leite condensado:




Aqui foi feito com lata de patê 
ou atum e pregadores de roupa:


Passo-a-passo:

Lanterna feita com lata de azeite:

Veja o passo-a-passo no blog da Maria Reciclona:
http://mariareciclona.blogspot.com.br/2011/10/lux-lata-vira-lanterna.html

Boa sorte na hora de comprar ou 
na confecção da sua 
nova lanterna, pode-se criar 
um clima romântico para um 
jantar com a pessoa especial ou 
quando receber visitas 
em sua casa, colocando-a 
na mesa de refeição.





Fonte: http://www.viladoartesao.com.br