domingo, 17 de junho de 2012

MOUSSE DE MORANGO - TORTA MOUSSE DE MORANGO - PUDIM DE PÃO - ARROZ DOCE E TORTA DE PESSEGO

Uma das sobremesas do domingo de Páscoa...


Mousse de Morango.

ingredientes:

1litro de leite
1cx de gelatina sabor morango
2 sachês de gelatina incolor e sem sabor
1 cx de creme de leite
1 cx de leite condensado

Calda e decoração.

2 bandeja de moranguinhos
1/2 xic de açúcar. 

Modo de preparar: 

Bater no liquidificador o leite, o creme de leite, 
o leite condensado e o pó da gelatina 
sabor morango, reserve. 

Colocar a o pó dos 2 sachês de gelatina incolor 
num refratario pequeno e acrescentar 6 colheres de 
agua fria e levar ao banho maria para dissolver 
bem e dai misturar com o conteudo que esta 
no liquidificador e bater mais um pouco. 

Colocar todo o liquido numa panela e levar ao 
fogo mexendo sempre até começar a ferver, 
não deixe mais que isso, retire e coloque numa 
forma de sua preferencia e leve para gelar, depois de 
bem gelado tire da forma em um prato de servir 
e decore a gosto. 

Para a Calda de morangos. 
Escolha os moranguinhos mais maduros, 
deixando alguns inteiros. 
Amasse com um garfo os morangos que 
for usar para a calda e coloque em uma penela 
com o açúcar, leve ao fogo mexendo sempre 
até engrossar um pouco, tire do fogo e 
deixe esfriar para aplicar no mouse e 
decore com os morangos inteiros. 



ESTA TORTA FIZ PARA O NATAL AQUI EM CASA, FIZ 3 TORTAS
DE SABORES DIFERENTES, MORANGO, MARACUJÁ E PESSEGO.
ESTA AQUI É DE MORANGO.

Torta Mousse de morango

Ingredientes:

Recheio: 

500 ml de leite 
1 cx de leite condensado 
1 cx de gelatina sabor morango 
2 colheres de sopa não muito cheia de maizena 

Base da Torta: 

1 pacote de biscoito Maria (dentro tem 3 embalagens) 
250g de margarina para culinaria em temperatura ambiente 

Cobertura: 

2 bandeja de moranguinhos 
1cx de gelatina sabor morango 
1 sachê de gelatina sem sabor 

Preparo: 

Triture os biscoitos no liquidificador , 
Numa vasilha misture a margarina muito 
bem com os biscoitos triturados. 

Numa forma de fundo removível coloque 
uma porção desta massa no fundo da forma 
apertando bem, cubra todo o fundo e os lados 
da forma, coloque para assar em forno pré aquecido 
por uns 20 minutos ou ate que esteja bem firme 
a massa(forno 180 graus) 

Enquanto a massa estiver no forno. 
bata no liquidificador o leite, o leite condensado 
e o pó da gelatina e a maizena, leve ao fogo mexendo 
bem até ficar bem firme, reserve 

Assim que a massa estiver assada coloque este creme, 
deixe esfriar um pouco só e coloque os moranguinhos 
pode ser inteiros ou cortados, mas antes disso faça a 
gelatina conforme a embalagem e misture com a 
gelatina sem sabor, deixe ela ficar levemente grossinha e 
aplique por cima dos morangos e leve a Torta para gelar.




Agora tcham tchammm Eis aqui o Pudim de Pobre rsrs

Pudim de Pão.

Ingredientes para uma forma de capacidade 
para 1.500 ml

6 pãezinhos francês dormido 
(de um dia para o outro)

sem a casca
1 litro de leite
3 ovos
1 lata ou caixinha de Leite condensado

Caramelo:

1 1/2 xic das de chá de açúcar refinado
1/4 de xic de agua. 

Modo de preparo: 

Numa vasilha picar os pãezinhos e colocar o leite todo, 
deixar amolecer e colocar no copo do liquidificador 
e bater um pouco, acrescentar os ovos e o leite condensado, 
bater bem. reserve 

Na forma do pudim caramelize o açucar com 
a agua, cuide para que não queime senão 
o pudim ficará com o gosto amargo. 
depois de fazer o caramelo, vá virando a 
forma para que ele grude em toda ela, coloque 
o liquido do liquidificador na forma, cubra bem a 
forma com papel aluminio se for fazer no forno, 
se for fazer em banho maria tampe a forma com 
a tampa dela e feche bem. Coloque a forma em uma 
panela grande com agua fervente e deixe cozinhar 
por 1 hora e 30 minutos. Se for fazer no forno, 
coloque uma forma quadrada com agua fervente 
e coloque a forma de pudim nela e deixe assar 
por 2 horas. Quando estiver pronto deixe esfriar 
um pouco para poder virar o pudim num prato.



Arroz Doce aos 3 Leites ou Arroz de Leite

01 e 1/2 xícara das de chá de arroz branco comum
01 litro de leite integral. 
01 lata de leite condensado
01 garrafa de 200 ml de leite de coco.
01 pacote de 100g de coco ralado adoçado
Açúcar a gosto
Canela em pó a gosto. 

Modo de preparar: 

Lave o arroz e cozinhe normalmente 
com água em uma panela grande. 

Depois de cozido acrescente o leite integral 
mexa bem e depois acrescente o leite condensado e 
o Leite de coco. 
Deixe cozinhar essa mistura até dar uma engrossada 
mexendo sempre para não grudar. 
Depois acrescente o coco ralado e só então 
acerte a quantidade de açúcar desejada 
conforme seu paladar. 
Sirva polvilhado com canela. 

Depois de um tempo pronto o arroz vai absorver 
todo o leite colocado se preferir você pode adicionar 
mais leite para que fique mais umedecido, sempre 
acertando o paladar do açúcar. 

Você pode comer quente no inverno ou bem 
gelado no verão fica bom de qualquer jeito ! 



Torta de Pêssego

Você pode substituir o pêssego por outra fruta 
como morango, maçã, etc.

Ingredientes: 

Massa:

100 gramas de margarina em temperatura ambiente (1 tablete)
2 gemas
4 colheres de sopa de açúcar
2 xícaras de chá de farinha de trigo

Creme:

500 ml de leite
1 lata de leite condensado
3 colheres de sopa de maizena (amido de milho)
gotas de essência de baunilha
Dica: Se preferir um creme mais "mole" 
coloque apenas 2 colheres de sopa de maizena.

Espelho:

1 lata de pessegos em calda cortados em fatia finas
1 caixa de gelatina (use o sabor de sua preferência) 
- neste caso estou usando de pêssego

Modo de preparo:

Massa:

Em uma tigela grande misture (com as mãos) 
a margarina, gemas e açúcar. 
Após, acrescente a farinha e, ainda com as mãos, 
misture e amasse bem até ficar uma massa 
homogênea (sem partes brancas por causa da farinha) 
e principalmente sem esfarelar demais.

Forre os fundos e as laterais de uma forma redonda 
de 26 cm de diâmetro. Após, faça furos com um garfo em 
toda a base da massa e leve ao forno preaquecido 
(deixe preaquecendo por uns 10 minutos em 
temperatura entre 180-220 graus) por uns 15 minutos 
ou até a massa começar a corar. 
Desligue e reserve.

Creme:

Leve todos os ingredientes ao fogo, 
em uma panela, mexendo sempre até engrossar 
(ficar como um creme). Reserve. 
Deixe esfriar um pouco.

Espelho:

Em uma panela,leve ao fogo a calda do pêssego. 
Quando começar a ferver desligue o fogo.

E acrescente a gelatina, mexendo para incorporar. 
Deixe esfriar bem antes de aplicar por cima 
das fatias de pêssego.

Montagem:

Coloque o creme (morno-frio) sobre a massa assada. 
Por cima, decore com as as fatias do pêssego e espalhe, 
delicadamente, a gelatina por cima. 
Leve à geladeira até a gelatina endurecer.

Sirva gelada.

ARTESANATOS...

FEITOS POR MIM







UM POUCO DO SHOW DA BANDA CAMA, MESA E BANHO

Um pouco do show da Banda Cama, Mesa e Banho no 
Teatro do Ciee em PoA com minha filha Anna Sofya
no vocal

MENSAGEM - UM DIA DE CADA VEZ

Um Dia de Cada Vez!
__Engenheiros do Hawaí__

"Quantas vezes eu estive cara a cara com a pior metade? 
A lembrança no espelho, a esperança na outra margem. 
Quantas vezes a gente sobrevive à hora da verdade?
Na falta de algo melhor... nunca me faltou coragem.
Se eu soubesse antes o que sei agora, erraria tudo exatamente igual...
Tenho vivido um dia por semana... 
Acaba a grana, mês ainda tem!
Sem passado nem futuro, eu vivo 
um dia de cada vez.
Se eu soubesse antes o que sei agora
 iria embora antes do final." 

Lidia@VovódaLara.Com

MENSAGEM

A arte de viver consiste
em fazer primavera, no
mais íntimo de nosso ser 
em qualquer das estações. 

-Celso Kasprack-

MENSAGEM

Quantas oportunidades já me foram dadas? 
E quantas palavras por mim foram lançadas? 
Quantos sorrisos, e quantas lágrimas? 
Quantas piadas, quantas lástimas? 
Fato é que erro, e jamais poderei deixar de errar. 
Outro fato é que vivo, e jamais poderei deixar de tentar acertar.
Se penso que tudo ao meu redor é apenas falsidade, logo me
lembro que pode haver reciprocidade.
Se acharem isso de mim, como convencê-los de que não é verdade?
Eu, Lidia Rejane Vargas, não co-existo com leviandade. Então me levanto, diariamente,
e vou pra labuta. Afinal, que graça tem conquistar coisas se não há luta?
Tento realizar minhas tarefas perfeitamente.
Alguém me ensina que é normal errar frequentemente?
Sim, saber eu já sei, resta com a ideia me acostumar.
A cada nova tarefa, é preciso me lembrar.
Muitas coisas ainda preciso e irei fazer.
Para dar um pouco de graça, recordar é sim viver!
Porém, se tento fazer rimas em um ataque de inspiração, logo irão me recordar:
Lidia também é piração!

Lidia@VovódaLara.Com




Dê uma olhada em você no espelho. 
Quem você vê te olhando? 
É a pessoa que você quer ser? 
Ou é alguém que você queria ser? 
A pessoa que você deveria ser, mas acabou não sendo?
É alguém dizendo a você que você não pode ou não quer?
Porque você pode. 
Acredite que o amor está por aí. 
Acredite que sonhos se realizam todos os dias, 
porque eles se realizam. 
Às vezes, a felicidade não vem do dinheiro, 
da fama ou do poder. 
Às vezes, a felicidade vem dos bons amigos 
e da família e da tranquila nobreza de se guiar uma boa vida. 
Então dê uma olhada nesse espelho e lembre-se 
de ser feliz, porque você merece ser. 
Acredite nisso!! 

Pois... 
Hoje eu me vi... 
Não aquela imagem que todos os dias encontro ao acordar. 
Não vi que estou precisando de uma dieta... 
Não vi aqueles fios brancos que teimam em aparecer ... 
Não vi as olheiras da noite mal dormida nem a cara amassada... 
Hoje vi minha alma. 
Vi meu sonhos, os realizados e os que não se realizaram. 
Vi até aquilo que não sou, mas esperava ser. 
Vi o olhar apagado, sem o brilho de outrora. 
Vi a tristeza, vi a alegria. 
Vi o amor, o desamor. 
Vi a solidão. 
Vi o que eu era, e o que me tornei. 
Vi a saudade. 
Vi meus defeitos, mas também minhas qualidades. 
Vi a real beleza do ser humano, aquela que se esconde. 
Vi Esperança. 
Vi a felicidade de estar viva e poder lutar contra tudo que 
de alguma maneira me faz mal. 

Podemos até achar que ela nos abandona, 
mas um pequeno gesto a faz despertar e torna o 
nosso dia diferente. 
A felicidade está na simplicidade dos gestos, dos atos. 
Podemos fazer a diferença para alguém e nem percebermos. 
Só precisamos estar vivos...
então quem sabe hoje eu faça a diferença 
para alguém, não é mesmo? 

Lidia@VovódaLara.Com



Eu preciso de paz, de harmonia interior, 
de estar bem comigo mesma pra deixar a vida fluir. 
A felicidade começa com essa paz de espírito, 
é assim pra todo mundo. 
Sem paz, a vida fica complicada. 
E o entusiasmo morre cedo. 
Fica faltando alguma coisa pra temperar. 
O mau humor toma conta. 
Ficamos frágeis, suscetíveis ao estresse e à tristeza. 
É possível controlar sentimentos e emoções? 
Eu aprendi que 
não.
Primeiro, é preciso perceber quem somos, 
saber de nós mesmos e sacar nossos segredos. 
A gente se esconde atrás de uma máscara. 
E ficamos por aí, parados, na esperança 
de que ninguém nos perturbe.
Eu estou tentando ser eu mesma, 
parar de fingir que sou normal. 
Pois, nessa vida, ninguém pode ser muito 
certinho senão fica doido. 
Antes, eu só queria ficar na minha, 
sem discutir o que havia de errado, 
ou melhor, na sombra. 
Eu não sabia de quase nada sobre mim. 
Mas fui descobrindo aos poucos os vários sabores da vida: 
amor, desamor, calor, choro, pesar, medo, alegria e esperança. 
Um turbilhão de coisas foram acontecendo e comecei a aprender. 
Comecei a ver o que não via, minhas vistas desembaçaram. 
Fiquei mais contente e feliz, o choro foi parando aos 
poucos e alegria começou a surgir, em meio aos soluços repetidos. 
Pensei: estou respirando bem de novo! 
O ar está fluindo ... 
O grande tempero da vida é assumir nossa 
natureza contraditória, perdoar nossos delitos e os 
dos outros também. 
É seguir adiante dando passagem pra quem vem. 
É trocar idéias e compartilhar experiências. 
Quando a gente faz as coisas com uma vontade 
genuína e sem medo, tudo acontece. 
Há uma magia que ninguém explica e tudo dá certo. 
Mas é preciso acreditar e confiar em você e na vida. 
A felicidade começa com uma atitude de paz 
interior, de parar de brigar consigo mesmo e 
se aceitar com todos aqueles defeitos e qualidades. 
Nada mais difícil, a gente complica a simplicidade. 
Somos humanos. 
Porém, temos uma vida inteira pra fazer 
valer nossa passagem aqui na Terra. 


Para tentar ser verdadeira, para ser amiga 
e companheira, para ser gentil e generosa 
conosco e com o mundo. 
A vida é para ser vivida, com toda sua intensidade. 
E para isso, nada melhor do que a Paz! 

_-Lidia@VovódaLara.Com_


Tem pessoas que são um presente...
"... Somos um presente para os outros. 
Você para mim, eu para você... 
Quando existe verdadeiro encontro com alguém, 
no diálogo, na abertura, na fraternidade, 
deixamos de ser mera embalagem e passamos 
à categoria 
de reais presentes. 
Nos verdadeiros encontros humanos, 
acontecem coisas muito comoventes e essenciais: 
mutuamente nós vamos desembrulhando, 
desempacotando,
revelando... 
Você já experimentou essa imensa alegria da vida?
A alegria profunda que nasce da alma, 
quando duas pessoas se comunicam virando 
um presente uma para outra? 
Conteúdo interno é segredo para quem deseja 
tornar-se Presente aos irmãos de cada estrada 
e não apenas embalagem... 
Um presente assim não necessita de embalagem. 
É a verdadeira alegria que a gente sente 
e não consegue descrever, só nasce no 
verdadeiro encontro com alguém. 
A gente abre, sente e agradece a Deus..." 

Obrigada por alguns serem o meu presente... 

Lidia@VovódaLara.Com

MENSAGEM

O amanhecer há de trazer novas sementes 
de esperança, 
entusiasmo e amor. 
Plante-as em seu próprio jardim! 
Depois, distribua-as aos que vivem ao seu redor. 
Regue-as com dedicação e fervor!... 
Veja! São sementes do bem! 
Ao florescerem, encherão de perfume seu 
interior e 
deixarão um rastro por onde 
quer que as tenha espalhado! 

Pensem Nisso e tenham um maravilhoso Final de Semana.

MENSAGEM

Nem nos mais relapsos dos pensamento, poderia imaginar...
Que em um Mundo cruel, que busca seu próprio fim... 
Poderia descobrir no trilhar do meu caminhar, um pouco de Felicidade...
Isso só me foi permitido...
Quando fechei meus olhos e Abri meu coração.
Nunca imaginei que pudesse ser tão Feliz... 
Talvez porquê alguém lá em cima, tivesse ouvido e visto meu penar... 
E abrindo meus olhos, fez-me ver que, quem caminha para o seu próprio fim é a humanidade, não o mundo.
Hoje dou Graças... 
Na alegria verdadeira que encontrei em novas companhias...
Nos risos, e nas coisas maravilhosas que nós faz bem, quando nos permitimos vive-las... 
Nas vezes que fiquei embriagada, SEM ter posto na boca uma gota de álcool.
Agora tudo faz sentido... 
E agradeço a todos, que ao virarem suas costas, fizeram-me encontrar a Felicidade... que me aguardava de Braços Abertos...
Obrigada a Todos pelos ensinamentos diários e pelo Amor que percutia em mostrar seu significado...

Lidia@VovódaLara.Com